02/10 16:35

Instituto Estre chega ao Centro-Oeste Brasileiro

Por institutoestre

O ano de 2017 também é um ano de conquistas para o Instituto Estre. Pela primeira vez na história do Instituto, foram realizadas ações e atividades no Centro-Oeste brasileiro, mais precisamente na cidade de Aparecida de Goiânia (GO), na região metropolitana de Goiânia, capital do estado.

Heloize Montowski, coordenadora pedagógica do Centro de Educação Ambiental de Fazenda Rio Grande (PR), foi a responsável por conduzir as atividades realizadas na Escola Estadual Itajiba Laureano Dornelles, com mais de 400 pessoas participantes, expandindo a atuação do Instituto Estre para mais uma região do país. “Nossa intenção é ser referência em educação ambiental no Brasil, e essa ação é mais um avanço rumo a esse objetivo”, explica Heloize.

O processo começou em abril, com uma primeira visita para mapeamento do local e das escolas que seriam contempladas no início. Neste mesmo mês, foram agendadas atividades para junho, quando aconteceram as atividades programadas – duas oficinas para educadores desenvolvidas em parceria com a escola, nas quais foram tratadas questões pertinentes a consumo, resíduos e um panorama da gestão de resíduos sólidos no Brasil.

Em agosto, aconteceu uma terceira visita, quando ocorreu a segunda etapa do programa de Oficinas Pedagógicas – que tem quatro etapas no total. A segunda etapa é desenvolver as temáticas em sala de aula com os alunos. A terceira etapa é uma oficina na própria escola, que precede o último encontro, no qual os professores fazem um balanço das atividades realizadas. “Atendemos 100% das turmas da escola com uma abordagem lúdica e participativa”, conta Heloize.

A próxima visita está programada para o final de outubro, quando será concluído o processo no colégio Laureano Dorneles, e o Instituto iniciará o trabalho em uma nova instituição na região. “A gente volta para o Dornelles (colégio) no ano que vem, e a ideia é levar a contação de histórias para eles”, finaliza a coordenadora.

Para o Instituto Estre, a incursão no centro-oeste é parte da estratégia de permear todo o território brasileiro com atividades de educação ambiental, a fim de promover os diálogos sobre consumo e resíduos e suscitar a reflexão e a criação de conhecimento para a construção coletiva de ações que colaborem para esse fim. “É um reconhecimento do meu trabalho estar à frente destas ações no Centro-Oeste. Como toda região, há dificuldades, adaptação de discurso e de linguagem, mas é uma oportunidade de se atualizar e de ampliar esse discurso”, conclui Heloize, na expectativa para continuar e multiplicar o trabalho para 2018.